Follow by Email

Jesus Cristo o Dono da Verdade

Jesus falou: “Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passarão” (Marcos 13.31). Sua palavra é como uma rocha firme em meio às tempestades da vida! Milhares de anos de antagonismo e adversidades não conseguiram mudar em nada Sua Palavra.Um comentário bíblico diz sobre essa afirmação de Jesus: “Se essas palavras não são verdadeiras, então o homem que as proferiu não é bom nem santo, mas um dos maiores tolos do mundo. Entretanto, elas são verdadeiras. Jesus é tudo aquilo que Ele disse ser: Criador, Senhor do tempo, Filho de Deus e, portanto, o próprio Deus. Ele criou um universo de sóis brilhantes e galáxias em movimento, dizendo que tudo isso passaria. Mas ao contrário de sóis em extinção e estrelas explodindo, Sua Palavra realmente não passou e jamais passará. Jesus disse: “Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passarão” (Marcos 13.31). De que maneira um verme como o homem poderia esquivar-se e fugir de uma realidade tão grandiosa?”O Barão von der Ropp, engenheiro e geólogo, escreveu:“As palavras de Jesus: ‘Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra’, levaram-me a estudar a história mundial do começo ao fim. Chama a atenção de qualquer um, que Cristo é de longe a personalidade mais influente em toda a história humana. Meus estudos terminaramcom o reconhecimento de que os tempos antigos e modernos adquirem sentido apenas em Jesus, que somente Ele é a chave para a compreensão da história e que, na verdade, sem Jesus toda a ela não faz sentido.”
Mas também as profecias do Antigo Testamento sobre o Messias têm seu cumprimento em Jesus. Mil e quinhentos anos antes de Seu nascimento foi profetizado,dentre muitas outras coisas:
• que Ele viria da tribo de Judá (Gênesis 49.10).
• que Ele descenderia da casa de Davi (Isaías 11.1;Jeremias 33.21).
• que Ele nasceria de uma virgem (Isaías 7.14).
• que Ele viria ao mundo em uma pequena aldeia chamada Belém (Miquéias 5.1-2).
• que Ele morreria em sacrifício (Isaías 53.1-2).
• que Ele perderia Sua vida através de crucificação(Salmo 21.1-21).
• que Ele ressuscitaria dos mortos (Salmo 16.8-11;Isaías 53.10-12).
• que Ele voltaria à terra (Zacarias 14.4).
• que Ele apareceria nas nuvens do céu (Daniel 7.13).
Sobre a primeira vinda de Jesus há ao todo 330 profecias, que impressionam pela exatidão e são extremamente diferenciadas – e todas elas cumpriram-se literalmente e podem ser verificadas e comprovadas. Em vão procuramos por profecias semelhantes acercade qualquer outro grande homem da história ou sobre qualquer outra religião. Por exemplo, não existe uma única profecia sobre a vinda do “profeta” Maomé, de Buda ou de qualquer outro. Todas essas profecias somente podem referir-se a um único homem. Ele já cumpriu a maior parte delas, e da mesma forma cumprirá também as que ainda faltam: Jesus, o homem de Nazaré, o Filho do Deus vivo!Ninguém além dEle, em toda a história do mundo,pode reivindicar para si esse direito.
E Ele, este único, incomparável e maravilhoso Senhor, chama a você,prezado leitor, prezada leitora: “o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora” (João 6.37). Para onde iremos, senão a Jesus?